• Primeira compra com 10% OFF com o cupom NEWRP
0Item
Meu carrinho
Fechar pedido
Seu carrinho está vazio
    Banner
    Banner

    Yorkshire Terrier

    É uma raça nascida para caçar ratos na mina: estamos falando do Yorkshire Terrier, um dos cães de estimação mais apreciados! Certamente você já viu muitos Yorkshire Terriers nas ruas da sua cidade. Se você está planejando adotar um, aqui você encontrará tudo o que precisa saber sobre o Yorkshire Terrier!


    O Yorkshire foi criado na Inglaterra, no condado de Yorkshire, seu objetivo era capturar ratos em minas, mas também era usado para caçar texugos.A primeira aparição de um cão da raça Yorkshire ocorre em 1861 durante uma exposição de cães. O Yorkshire moderno é menor que a raça original e é usado apenas como cão de companhia.


    O Yorkshire Terrier possui cerca de 30 cm de altura e peso de 3 a 5 kg. Tem uma cabecinha bonita, com um crânio chato e um focinho saliente e acentuado. Suas orelhas são pequenas e retas, não muito distantes uma da outra e em forma de V. Seus dentes são regulares e a cauda é de comprimento médio.


    Os pelos desta raça são longos, brilhantes e grossos, e têm um tom cinza e vermelho, com tufos dourados nas orelhas. A expectativa média de sua vida é de aproximadamente 10 anos, embora às vezes ele possa viver mais.


    Algumas especificações do Yorkshire

    O Yorkshire Terrier é um cão pequeno, ideal para a companhia de idosos (do qual é preferido). Pode ser de pelo comprido ou de pelo curto, mas sua pelagem deve sempre ser perfeitamente reta e de cor marrom/cinza/caramelo.


    O Yorkshire é um cão muito animado, com uma inteligência forte, dinâmica, atenta a tudo ao seu redor. Ele não tem medo de nada, apesar do tamanho.


    Como todos os animais, não se importa em ficar no jardim e ao ar livre, mas, devido ao seu tamanho, adapta-se facilmente à vida no apartamento, talvez com uma agradável caminhada diária. Ele é um caminhante incansável. Ele adora caminhar ao ar livre, ser mimado, mas também ama passar horas deitado no sofá.Não tendo subpelo, ele sofre particularmente de calor e frio.


    É um cão de vida longa, que facilmente atinge 14/15 anos de idade e, em alguns casos, muito além. Houve casos de Yorkshire chegando aos 20 anos de idade e sempre com excelente saúde


    O espaço que ele precisa para viver é uma das principais vantagens do Yorkshire. Ele é um cachorro muito pequeno e se encaixa muito bem na casa onde mora. Não precisa de uma casa grande ou de grandes espaços para viver.


    Que cores de pelagem pode ter?

    Se dermos uma olhada no padrão da raça do Yorkshire Terrier, descobriremos imediatamente que a única cor de pelagem permitida é o azul aço escuro, nunca o azul prateado. Ele nunca deve ter pêlos amarelados, bronze ou escuros. No peito, no entanto, pode mostrar uma cor castanha intensa e brilhante.


    Uma curiosidade: se você olhar de perto os pêlos castanhos, eles tendem a ser mais escuros na raiz até a metade do comprimento, e tendem a desbotar e clarear quando chega à ponta.

    Características

    • Energia

    • Apego ao dono

    • Amizade com crianças

    • Brincadeiras

    • Inteligência

    Temperamento

    O Yorkshire terrier é um cão muito inteligente. Perfeito para companhia, é adequado para a vida no apartamento e para uma convivência pacífica com todos os membros da família, incluindo crianças (que o amam) e outros animais de estimação pequenos.


    O Yorkshire se dá bem com crianças?

    Sendo muito brincalhão, o Yorkshire Terrier também desenvolve excelentes relacionamentos com as crianças, embora às vezes tenda a ser bastante barulhento e indisciplinado durante os jogos.

    Ele gosta de jogar, mas deve-se ficar de olho quando o faz, porque pode ficar de mau humor, mas geralmente não morde as pessoas que fazem parte de seu convívio.

    É um cão curioso, animado e espirituoso. Ele adora brincar com humanos. Ele é um bom companheiro de brincadeira para crianças, desde que elas saibam se relacionar de maneira educada com ele. Caso contrário, pode reagir muito mal e até morder

    Por ser muito ativo, ele sempre quer ser o centro das atenções e tende a estabelecer uma relação protetora com seu mestre, a ponto de ser influenciado por seu humor, demonstrando uma sensibilidade surpreendente.

    Seu objetivo mais importante é defender a família e, para isso, ele está sempre alerta. Ele tem a reputação de “latir muito”, mas apenas porque seu instinto protetor o leva a alertar o proprietário sobre cada pequena intrusão.

    Essa raça de cachorro é indicada para idosos?

    Sendo um cão de companhia, também é perfeito para dar carinho a quem mora sozinho, inclusive para um idoso. Mas, obviamente, deve ser uma pessoa saudável e capaz de cuidar bem dele, já que esse cão, embora pequeno, é bastante exigente.

    No entanto, entre os idosos, esse cão é uma boa opção, pois estimula a sair várias vezes ao dia e a andar um pouco mais do que o habitual.


    O Yorkshire se dá bem com outros animais?

    Em geral, ele não tem problemas em dividir seus espaços com outros cães e também se dá bem com gatos! Ele é bastante sociável também com outras espécies de animais domésticos.

    Embora ele tenha uma reputação de rosnar facilmente, ele é realmente muito tranquilo com animais. A socialização precoce, a partir do primeiro mês de vida do filhote de Yorkshire, é necessária.

    A coexistência com gatos será possível se ele aprender a distinguir entre um gato doméstico e uma possível presa.

    O yorkie late muito?

    O Yorkshire Terrier é uma raça alerta, ou seja, tende a usar o latido para anunciar a chegada de um estranho ou a presença de algo que não é habitual para ele. Portanto, seu latido deve ser levado em consideração pelo proprietário.

    O Yorkshire tem tendência a morder?

    O Yorkie não tem tendência a morder se não for provocado ou irritado. No entanto, deve-se levar em conta que qualquer cão pode se exceder se não for bem socializado e educado. Além disso, nunca se deve brincar de maneira violenta com um cão, pois, com excitação, ele pode exagerar na interação com pessoas e outros animais.

    Especificações da Raça

    Rações para Yorkshire Terrier

    Saúde

    Os Yorkshire Terriers são cães muito fortes e resistentes, mas podem sofrer de algumas doenças. Em cães desta raça, pode ocorrer a chamada luxação patelar, uma doença genética, que ocorre quando a patela não se alinha à perfeição, causando uma marcha manca. As amostras desta raça também podem sofrer de atrofia progressiva da retina, que causa progressivamente perda de visão no cão.

    Entre as doenças sanguíneas que podem afetar os cães yorkshire, há o shunt portossistêmico devido a um fluxo anormal de sangue entre o fígado e o resto do corpo. Os sintomas podem incluir:

    Falta de apetite

    Hipoglicemia

    Problemas gastrointestinais

    Problemas do trato urinário

    Intolerância a medicamentos e crescimento lento

    Diabetes

    Muitas vezes, o Yorkshire Terriers também pode experimentar o colapso da traqueia que gera tosse crônica e seca, e o distúrbio chamado “espirro reverso” que ocorre quando o cão está muito excitado ou tenta comer ou beber muito rapidamente, mas também quando há pólen ou outros irritantes no ar.

    Finalmente, os cães desta raça podem sofrer de infecções nos olhos, dentes e gengivas. Além disso, o Yorkshire terrier não é um cão guloso, mas pode ter uma tendência a ganhar peso na ausência de exercício.

    Uma dose adequada de alimento deve ser administrada, distribuída em duas refeições por dia. Obviamente, tudo será baseado nas necessidades individuais e subjetivamente, certificando-se de alimentar bem o cão em relação às suas atividades.

    Banner
    Banner
    Banner
    Banner

    Atividades recomendadas

    Comparado ao seu tamanho pequeno, o Yorkshire é uma raça muito enérgica. Ele realmente gosta de interagir com todos e mostra uma resistência ao esforço muito mais importante do que a de suas características. Ele é dinâmico e vigoroso, muito alerta e brincalhão. Como em todos os cães, a questão do exercício diário também é crucial para o Yorkshire.

    Um Yorkshire perfeitamente treinado é um cão capaz de tirar vantagem dupla desse tipo de atividade: a manutenção de um peso ideal e o desenvolvimento de um equilíbrio psicofísico adequado, bem como uma socialização adequada facilitará a vida do cão e do seu dono.

    O Yorkshire Terrier é um cão que adora brincar e se divertir com adultos e crianças. No entanto, você terá que ter muito cuidado, pois não se deve jogar excessivamente, pois você sempre deve levar em consideração o tamanho do Yorkie e a possibilidade de poder machucá-lo.

    Entre os cães pequenos, este é certamente um dos mais adequados para vigiar, tanto por seu instinto quanto por sua tendência a latir quando estranhos aparecem. Em alguns casos, esse cão intervém agressivamente e pode até morder se um estranho se aproximar dele para pegá-lo de repente.

    Principais Cuidados

    Sendo um cão sem subpelo, ele não apresenta mudanças sazonais e, portanto, não perde pelo, o que o torna apreciável na vida doméstica. Assim, apenas uma escovação diária é suficiente para manter o pelo arrumado, e o pelo perdido permanecerá apenas na escova.

    O pelo do Yorkshire deve ser cuidado diariamente para manter-se sedoso e longo. Ele deve tomar banho a cada seis semanas e, como eles tendem a ter pele seca, devem ser usados shampoo hidratantes e calmantes.

    O baixo peso do Yorkshire ajuda na limpeza desta raça. O pelo deverá ser penteado com uma escova macia e um pente. A escovação deve seguir a direção do pelo para mantê-lo em perfeitas condições. Os ouvidos, os olhos e a cavidade oral devem ser inspecionados semanalmente para garantir que não haja alterações.

    Embora muito pequeno, o Yorkshire terrier tem muita energia, então ele não pode morar exclusivamente em um apartamento sem fazer exercícios. Ele precisa de caminhadas que lhe permitam usar seus sentidos caçadores.

    Dieta e nutrição

    A dieta deve ser equilibrada, sem excesso. Com seu tamanho pequeno, o peso excessivo pode resultar em uma sobrecarga no sistema esquelético com sérias consequências.

    É preferível dar ração seca ao filhote, de acordo com suas necessidades e exigências. Para que o cão cresça saudável e com uma pelagem saudável e brilhante, é essencial dar a eles, pelo menos nos primeiros meses de vida, alimentos que contenham ácidos graxos ômega 3 e ômega 6. É melhor evitar alimentos à base de farinha e cereais e preferir mais proteínas ou fibras.

    Em geral, esse padrão pode ser seguido:

    Até 4 meses: 4 refeições por dia

    De 4 a 6 meses: 3 refeições por dia

    A partir dos 6 meses: o cão poderá comer 2 vezes por dia (de manhã e à noite).

    Depois de se tornar adulto, é aconselhável procurar o médico veterinário para encontrar a quantidade certa de alimento a ser administrado, levando em consideração as características peculiares do cão e seus hábitos de vida.

    Curiosidades

    Carinhoso: O Yorkshire Terrier é leal ao seu dono, a quem demonstra dedicação e carinho com gestos muitas vezes excessivos, por exemplo, latidos contínuos e prolongados. Ele sofre muito quando o proprietário está ausente ou o deixa com outras pessoas.

    Inteligente: Essa raça é dotada de inteligência marcante, entende qualquer comando ele aprende rápido. Obviamente, é necessária paciência e perseverança para obter um bom treinamento, cujos resultados durarão ao longo do tempo.

    O Yorkshire sofre com o calor: Devido a falta de subpelo, o Yorkshire pode sofrer com o calor. A ponte nasal bastante alongada permite uma respiração fácil, mas durante os dias de muito calor, é melhor mantê-lo protegido em um ambiente fresco.

    Ele não tolera a solidão: A vida na solidão certamente não foi feita para o Yorkshire. Ele costuma querer passar muito tempo com os membros da família. Portanto, é essencial que o proprietário de um Yorkshire esteja ciente dessa necessidade do animal antes de trazê-lo para dentro de casa.

    Excelente adaptabilidade à vida no apartamento: O Yorkshire Terrier, além de ser uma pequena obra de arte do ponto de vista estético, possui características que o tornam ideal para uma vida confortável no apartamento, começando pelo tamanho pequeno.

    É ótimo cão de alerta: Não tem o tamanho nem a aparência de um cão de guarda. Mas o Yorkshire Terrier é muito protetor de seus proprietários ou de sua casa. Ele possui a coragem de seus ancestrais Terrier.

    Esta raça tende a sofrer de algumas doenças oculares hereditárias. As mais comuns são cataratas, atrofia progressiva da retina, conjuntivite e problemas na córnea.

    Banner
    Banner